Dia 12 – Estarmos em Harmonia e Equilibrados Para Felizes Amar e Louvar a Deus

“São Miguel Arcanjo, príncipe das milícias celestes, ajudai-nos a fazer de nossa vida um contínuo ato de louvor a Deus Pai, rico em misericórdia. Afastai de nós a tristeza do inimigo, e que nossa vida celebre sempre as maravilhas do Senhor. Amém!”

(Fonte: Quaresma de São Miguel Arcanjo 2020 – Ed. Paulus)

Uma da perguntas que nos deixa inquietos é “Para que eu vivo?”, “Qual a razão da minha existência?”. E a busca das respostas a essas perguntas muitas vezes nos confunde e, não raro, nos angustia. Olhamos ao nosso redor e vemos que tudo, exatamente tudo na natureza tem um propósito. E qual será o nosso propósito?

O nosso propósito tem a ver com o que nos satisfaz, o que nos sacia, o que acalma nosso coração. Se olharmos direitinho, veremos que somente o ser humano tem esse problema. Somente ele nunca consegue se satisfazer plenamente.

O que de diferente tem o ser humano para que somente ele tenha esse problema? Por que somente o ser humano parece ter esse problema? Seria o ser humano uma “criação defeituosa”?

Comecemos respondendo a primeira pergunta:

“O que de diferente tem o ser humano para que somente ele não consiga se satisfazer”?

A resposta é: Alma. Nós seres humanos somos dotados de alma, coisa que nenhum outro ser da criação tem. Somente o ser humano foi criado “imagem e semelhança de Deus”. Deus, perfeitíssimo, nos fez sua imagem e semelhança para partilhar conosco sua natureza plenamente feliz, sua caridade perfeita, seu amor, tudo mais que nos impulsiona ao louvor.

Já reparou que quanto mais feliz a pessoa parece ser, mais ela louva, agradece, pratica atos de caridade e ama muito mais? Ou será que a pessoa é feliz justamente por praticar tudo isso? Na verdade uma coisa leva a outra e a outra leva a uma. Isso podemos chamar de harmonia. Já reparou que ambientes harmônicos são mais felizes e os ambientes felizes são harmônicos?

O problema começou em nós exatamente quando, fazendo mal uso da nossa liberdade, quebramos a harmonia e passamos a olhar muito para nós, apenas para nós, sem nos preocuparmos com as consequências dos nossos atos. Adão e Eva quando desobedeceram a Deus não pensaram nas consequências dos seus atos.

Quando quebramos a harmonia cometendo o primeiro pecado, desestabilizamos tudo em nós. Isso é exatamente o “ser expulso do Paraíso”, ou seja, sair da harmonia, entrar na confusão, mergulhar na desordem. Por isso que Deus, em sua infinita misericórdia pede a nós que nos desapeguemos das coisas mundanas, das coisas que causam ainda mais desordem em nós.

Foi para organizar todo o nosso ser que Deus se encarnou e veio nos salvar. Veio para mostrar a nossa verdadeira natureza, qual a verdadeira razão do nosso existir: estar em Cristo, harmoniosamente em Cristo, em harmonia com toda a criação e isso somente em Cristo conseguiremos, pois estar em Cristo é estar em harmonia.

Entendeu porque nossas “paixões desordenadas” nos afastam da Salvação?

“Porque somente o ser humano parece nunca se saciar?”

Como somente o ser humano tem alma, somente o ser humano tem a liberdade de pecar e desordenar tudo. (Ps: Estou falando aqui dos seres corporais, falar dos seres angélicos poderemos falar em outra oportunidade).

O ser humano parece nunca se saciar, pois somente uma coisa pode nos preencher plenamente. Somente Deus. Somente estando em harmonia com Ele é que iremos estar saciados, somente estando Nele. Para estarmos em harmonia com Ele é preciso ordenarmos as nossas potências, as nossas paixões, e somente Deus pode fazer isso em nós, por isso Ele se encarnou, por isso o Pai enviou o Seu Filho Unigênito para nos salvar, ou seja para nos ordenar, para nos mostrar o que é de fato importante, o que é de fato o amor e como todas as nossas percepções são manchadas. Como confundimos as coisas…

Ora… não é difícil compreender como é necessária uma força externa para harmonizar alguma coisa. Olhe para qualquer coisa que esteja desordenada e veja se é possível ela se ordenar sozinha. Sempre será necessário uma força externa.

E qual é essa força externa necessária para nos ordenarmos e voltarmos a nos harmonizar com a criação e com Deus? A Graça de Deus que se faz de muitas formas, mas de forma bem concreta nos sacramentos, que foi exatamente o que Jesus veio instituir quando se encarnou e se fez um de nós. Jesus veio e deixou para nós a Eucaristia, a Confissão, o Matrimônio, o Sacerdócio (ordem), a Unção dos Enfermos, o Batismo e o Crisma que são meios eficazes de santificação.

Só para exemplificar, o Batismo nos insere no Corpo de Cristo, nos insere na filiação divina. O que ele faz? Apaga os nossos pecados, ou seja, cura a nossa desordem. Como as consequências do pecado permanecem, ele deixou o sacramento da Confissão para que possamos voltar a nos ordenar quando cairmos no pecado. Para nos fortalecer, ele nos deixou a Eucaristia e afirma categoricamente que quem não come de sua carne e bebe o seu sangue (quem comunga) não entrará no Reino dos Céus. Isso porque é IMPOSSÍVEL NOS SALVARMOS SEM A AÇÃO DE DEUS EM NÓS.

Por fim…

“Seria o Ser Humano uma Criação Defeituosa?”

Não. Deus quando encerrou a criação viu que tudo que foi criado era muito bom. O ser humano foi o ápice da criação, a quem Deus deu tudo para que possa administrar. O ser humano não é uma criação defeituosa, ele está desarrumado, desorganizado, desarmonizado, está em pecado.

Existe sim uma finalidade para o ser humano e é exatamente indo ao encontro dessa finalidade que vamos nos saciar, nos preencher, nos harmonizar.

Mais uma vez digo: OBSERVEM OS SANTOS. Como eles deixaram tudo para seguir Jesus e como eram felizes, mesmo com sofrimentos extremos que confundiam muitos. Como eles abandonavam tudo para estar em ESTADO DE GRAÇA (sem pecado) e estar harmonizado com Deus, pois só assim estariam saciados. Os santos quando cometiam algum pecado e sentiam essa desarmonia, ficavam completamente inquietos e as dores que sentiam acabavam santificando-os ainda mais.

Como os santos eram serenos e equilibrados! Justamente por isso amavam mais e louvavam sempre a Deus, pois quem está em Deus, quem está em harmonia, não deseja fazer outra coisa senão louvar a Deus o máximo de vezes e de intensidade que for capaz.

Que possamos em nossa vida amar e louvar a Deus, estando em harmonia com Ele, em equilíbrio, saciados, felizes, longe do mal, repelindo o pecado!

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate e nos ajude a acolher a Graça de Deus para estarmos em harmonia e equilibrados para felizes amar e louvar a Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.