O Fenômeno da Cristofobia no Mundo

Um dos movimentos que mais crescem no mundo é o de perseguição aos cristãos. O Fenômeno da Cristofobia cresce em intensidade e em alcance em todo o mundo. E há várias razões para isso…

Primeiramente gostaria de falar que, neste contexto, existem pelo menos DUAS MANEIRAS de perseguir os cristãos:

01) Fisicamente – Como ocorre em larga escala no Oriente, principalmente em países Islâmicos.

02) Culturalmente – Como está ocorrendo no Ocidente, em que o cristianismo é atacado de todos os lados e em diversos segmentos: Social, Filosófico, Moral, Expressão Religiosa, etc…

É importante frisar que, historicamente, a segunda maneira precede a primeira. Primeiro se persegue culturalmente, tentando dificultar, inibir, minar e até proibir para depois começar a perseguição física.

O Cristão sempre foi um dos principais alvos, inclusive na época das tão “fantasiadas” Cruzadas que, unidas com o período da Santa Inquisição, são os espantalhos que criam para bater na Santa Igreja Católica. Tratarei mais desses assuntos em outras seções do blog (“História do Cristianismo” e o tópico específico “Cruzadas e Santa Inquisição”) pois são pontos que precisam ser tratados com cuidado.

A perseguição física dos cristãos mata, em média, 100.000 (isso mesmo, CEM MIL) cristãos por ano. Se já não bastasse o período dos mártires e das perseguições romanas, em que os cristãos eram humilhados e martirizados, hoje o mundo ocidental faz algo muito parecido. Principalmente em regimes islâmicos e ateístas.

A perseguição cultural, a qual o ocidente está usando, tem inibido os cristãos de manifestarem sua fé e atacado todos os seus valores, principalmente no que tange pregação do Evangelho, o valor de defesa da vida, os valores que tangem a sexualidade, o uso de símbolos e até a constituição de Família (incluindo a educação dos filhos).

A Perseguição Cultural aos Cristãos no Ocidente

Primeiro, uma pergunta: Por que o Ocidente está perseguindo os cristãos, visto que a formação cultural do ocidente foi toda construída em cima da moral Judaico-Cristã, do dirito Romano e da Filosofia Grega?

Quando você tiver um tempinho, assista a palestra “Origem do Marxismo Cultural” do Pe Paulo Ricardo sobre esse tema. Como ele diz, “o cristão precisa saber o porque de estar apanhando tanto“.

Procurando resumir um pouquinho, isso tem as raízes no Marxismo. O regime Comunista conseguiu ser implantado (embora não tenha conseguido se sustentar por muito tempo) somente o Oriente. Todas as tentativas de implantação socialista (comunista) no Ocidente foram frustradas. Por que eles não obtiveram sucesso?

Procurando o “porquê”, encontraram que a diferença entre o Ocidente e o Oriente está no campo cultural e, por isso, era preciso primeiro destruir os pilares da cultura ocidental (Moral Judaico-Cristã, Direito Romano e Filosofia Grega). Daí chegaram a “solução” que é exatamente a destruição destes três pilares e o método é o que ficou conhecido como “Marxismo Cultural”. Tem um curso fantástico ministrado pelo Pe Paulo Ricardo dividido em 6 aulas que falam somente do Marxismo Cultural. Aconselho de forma veemente assisti-lo. Você poderá assistir no próprio site do Padre Paulo Ricardo clicando no link “Marxismo Cultural

Como estão perseguindo culturalmente os cristãos no Brasil?

Bom… As frentes de ataque são tantas que é difícil listar todas. Listarei alguns exemplos principais.

01) Movimento Gay e a PLC122

– Essa lei fala em punição para “atos homofóbicos”. Em um primeiro olhar, isso parece bom pois os homossexuais merecem ter os mesmos direitos que os não homossexuais. O problema é que eles já possuem! O problema da PLC122 é que eles dão direitos ao homossexual não por ele ser humano, digno de respeito e receber carinho e amor, mas sim pelo seu comportamento sexual. Um item muito importante dessa PLC, é o fato de não poder impedir algumas atitudes homossexuais (que, inclusive, são criticadas de casais heterossexuais). Uma das consequências dessa lei pode ser OBRIGAR A IGREJA CATÓLICA a casar homossexuais pois não fazê-lo pode ser considerado uma atitude homofóbica. Ora, nós cristãos sabemos que o CASAMENTO é muito mais do que cada um juntar suas tralhas, morar no mesmo tempo e ter seus desejos sexuais atendidos.

Ps: Esse post foi escrito originalmente no dia 16/06/2013. Na data de hoje, a PCL122 já foi derrotada, mas ainda estamos sob ameaça com a ADO 26 que visa igualar a “Homofobia” ao crime de Racismo.

– Há também o fato de descaracterização do modelo de família, corroendo o significado da palavra reduzindo-a a um significado relativista e rasteiro. Para destruir a caracterização de família também estão pregando o fim da menção a “pai e mãe” nos documentos de registro e a proibição de festas do Dia das Mães e Dia dos Pais pois isso pode “ferir a dignidade” de quem não tem algum dos dois ou que foi criado por um casal homossexual.

02) Aborto

– A legalização do aborto vai trazer à tona o desrespeito à vida de quem é indefeso. Mas, deixando por hora esse campo de lado, é importante frisar que todo CRISTÃO VERDADEIRO é contra o aborto. Vale ressaltar que mais de 80% da população brasileira tem raízes cristãs e, por isso, a ampla maioria é contra o aborto. Legalizando o aborto, profissionais (principalmente médicos e enfermeiros) serão OBRIGADOS a ferir sua moral para ASSASSINAR um indivíduo que nada poderá fazer. Isso, sem dúvidas, vai minando a fé do profissional que, indo de contra seus princípios tendem a abandonar a profissão (difícil) ou a “esquecer” sua moral (mudar). Pesquisas mostram que se um indivíduo é colocado à prova ferindo sua moral, a maior tendência é que ele mude de moral.

03) Corrupção Sexual e Não Ter Filhos

– Esse valor, no que tange a moral da igreja, acaba atacando o Celibato Sacerdotal e o sucesso na construção familiar. Colocando a satisfação sexual em primeiro plano, um casal assim que toda “libido” passar tenderá a se separar pois não mais haverá nada que o prenda, visto que os filhos, que poderiam unir o casal, também foram limados da jogada (as pessoas não estão mais querendo ter filhos). Isso sem falar que, somente na busca pelo “prazer”, a traição é mais provável, visto que o(a) parceiro(a) não a(o) satisfaz mais.

– A mulher, aí entra o movimento feminista, em busca de sua “libertação”, não está mais querendo ter filho pois ter filho é considerado um martírio, uma ocupação que atrapalha a qualidade de vida. A mulher de hoje está sendo estimulada a não ter mais filhos e buscar sua realização no trabalho (falarei mais disso em outro tópico)… A consequência disso é que as pessoas com cultura cristã não estão sendo “renovadas” (nascendo cristãos pelo menos no mesmo número dos que morrem). A consequência disso é um vazio e uma destruição da cultura. Vale ressaltar que para “repôr” o número de cristãos, o casal tem que ter um número de filhos superior a três.

04) Proibição dos Símbolos Religiosos, da Evangelização e Participação de Cristãos no Governo

A desculpa é “o estado é laico”, por isso deturparam o significado desta palavra e a reduziram a quase um sinônimo de “estado ateu”. Proibição de símbolos religiosos em espaços públicos e pregação do Evangelho está no discurso de muitos. Passa a ser no mínimo vergonhoso tentar ajudar uma pessoa apresentando-a ao Evangelho. Inclusive, a PLC122 (falado anteriormente) inibe essa pregação pois tem conteúdo que ELES julgam (de forma histérica) homofóbica.

– Um cristão também dá uma opinião sobre determinado tema está fora de discussão pois ele está pautado na religião e se for para discutir uma lei, vão impedi-lo de opinar pois “o estado é laico” (desculpa que usam). Já tentou discutir sobre “aborto”, por exemplo, e portar algum símbolo (crucifixo, medalhinha de nossa senhora, terço, etc)? A primeira afirmação que irão fazer é que você está se fundamentando na bíblia.

Para finalizar

Concluindo, deixo para vocês alguns vídeos que possuem cenas fortes em relação ao Fenômeno da Cristofobia no Mundo. A parte dos vídeos que traz imagens do Império Romano são de cinema, mas as demais SÃO REAIS!!

Cristofobia – Perseguição aos Cristãos no Mundo


Cristofobia – Perseguição aos Cristãos Na América e no Mundo



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *